+44 77 5155-7925 | +55 45 99908-2121 contato@bastidorestraining.com
O que afeta o equilíbrio na dança?

O que afeta o equilíbrio na dança?

A manutenção do equilíbrio, tanto no relevé, piqué ou piruetas é uma tarefa muito mais complexa do que parece.

Mas a final de contas: O que é equilíbrio? Existe só um tipo? Como meus olhos estão relacionados ao equilíbrio? E meus ouvidos também?

Os diferentes equilíbrios

De forma geral, o equilíbrio pode ser definido como uma condição de um sistema em que as forças que sobre ele atuam se compensam, anulando-se mutuamente.

Mas existem vários tipos de equilíbrio, como:

Então, essa definição se torna muito generalizada e não nos fornece informação suficiente.

Para dançarinos e artistas, o equilíbrio postural é a habilidade de manter o  alinhamento e a posição corporal desejada durante uma atividade seja ela estática ou dinâmica (Cupss, 1997) tentando manter o centro de gravidade estável.

Mas antes de falarmos mais sobre isso, precisamos definir alguns conceitos.

 

Centro de Gravidade

O centro de gravidade pode ser descrito como o único ponto de um corpo ao redor do qual todas as partículas de sua massa estão igualmente distribuídas (Lehmkuhl & Smith, 1989), é neste ponto em que a força da gravidade age.

 

No corpo humano, o ponto de equilíbrio, ou centro de gravidade, é aquele ponto em que o corpo poderia ser rodado livremente em qualquer direção, ou o ponto que você consegue equilibrar o seu colega no aviãozinho 🙂

Mas esse ponto não é o mesmo para todas as pessoas. Ele muda de acordo com a idade, posição corporal e até sexo. Em mulheres o centro de gravidade tende a ser mais baixo do que em homens, porque mulheres tem mais massa no membro inferior enquanto os homens tem mais massa no membro superior.

 

O ponto de equilíbrio está sempre no mesmo lugar?

Clique aqui para ler o texto completo.

Por Bárbara Pessali-Marques

Referências:

Cupps B. Postural Control: a current view. Neuro Developmental Treatment, 14. p. 3-8, jan/fev. 1997

Frank JS, Earl M. Coordination of posture and movement. Physical Therapy, Alexandria, v. 70, p. 855- 863, 1990.

Lehmkuhl, L. Don; Smith, Laura K. Cinesiologia clínica de Brunnstrom, 1989.

Teixeira, C. L. Equilíbrio e controle postural. Brazilian Journal of Biomechanics. Revista Brasileira de Biomecânica, 11(20), 30-40. (2013)

Fotos:

Capa –  Pilobolus (Flick)